Início » MAL X MAU
Português

MAL X MAU

O desafio de hoje é alertar meus leitores para o uso correto duas palavras tão pequenas e que andam tão desvirtuadas na fala e na escrita cotidianas.

Não pude deixar de pensar na história da Chapeuzinho Vermelho e do Lobo Mau, aquele que queria fazer mal a duas criaturas boas ou, se preferirmos, do bem.

O lobo da história é mau. MAU, é um adjetivo que qualifica o lobo, que faz maldades. Ele comeu a vovozinha e, se o caçador não chegasse a tempo, faria o mesmo com a Chapeuzinho.

Aproveito para rever o conceito de Adjetivo que, segundo a Gramática, é um modificador do substantivo indicando-lhe uma qualidade, um modo de ser, aspecto ou aparência, um estado.

Daí que possamos dizer, por exemplo, homem mau, mulher. De forma geral, os adjetivos acompanham os substantivos a que se referem, em gênero e número (masculino, feminino; singular, plural).

Quanto à palavra MAL, opõe-se a bem, e aparece na frase com a função de modificar um verbo, por isso a designamos de Advérbio. Diz-se que alguém faz mal, ou faz bem.

Na frase:

O homem mau deveria sentir-se mal pelos atos malvados que pratica.

Mau, acompanha o substantivo homem e mal, modifica o verbo sentir.

Como dizia um árbitro de futebol, bem conhecido: “A regra é clara!” Conhecedores da regra, agora é só aplicá-la.  Mãos à obra, minha gente!

Referências:

CUNHA, Celso. Gramática do Português Contemporâneo / Celso Cunha & Lindley Cintra. 6.ed. – Rio de Janeiro: Lexicon, 2013.

Sobre o autor

Celeste Baptista

Celeste Baptista

Professora de Português e de Francês, formada em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa (UL). Pedagoga com habilitação em Administração Escolar, Supervisão de Ensino e Orientação Educacional. Psicóloga (com Licenciatura e Bacharelado). Mestre em Linguística Letras e Artes pela Universidade Guarulhos (UnG). Especialização em Psicologia Jurídica (UniSãoPaulo). Autora do livro Chuva Quente (Poesia). Palestras sobre Literatura, Ética e temas da Psicologia. Nas horas vagas leio, escrevo, organizo Rodas de Leitura e Recitais, converso com amigos, bordo e faço crochê. Criei um blog: Como Árvores Antigas https://cilebap.blogspot.com.br/, onde escrevo sobre diversos assuntos. Podem achar-me no Facebook, como Celeste Baptista, no Linkedin como Celeste Duarte Baptista e no Instagran: https://www.instagram.com/baptistaceleste/

Comentários

Clique aqui para adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: