Início » Que grau é esse?
Fisica/Matem.

Que grau é esse?

Final de inverno. De fato entramos na primavera na próxima sexta, dia 22 de setembro. Mas os dias estão com cara de verão! Muito quentes.

E claro que alguém na TV já disse graus centígrados. Ui… E nos jogos do final de semana são bastante repetidas, principalmente na tarde ensolarada desse último domingo.

Está aí uma expressão tão antiga quanto a crônica esportiva. É muito comum, graus centígrados, do que simplesmente graus, ou mesmo graus Celsius, que era o que muitos  desejavam dizer. Será que desejavam mesmo?

Graus bastariam. Vejo em telejornais a saída, graus de temperatura. A expressão centígrada aparece até mesmos nos famosos canais History Channel, Discovery e NatGeo, que são canais que prezam pela cultura, informação, mas nesse caso já prestaram desinformação.

Mas enfim! O que é grau?

Grau significa apenas um pedaço de uma escala, ou ainda, um pedaço de algo. Vai depender do contexto.

Se for geometria, abertura de segmentos, ângulos, o grau é 1/360 de uma volta completa. Os antigos imaginavam que o Sol girava ao redor da Terra é que isso levava 360 dias. Assim na enorme volta que o Sol dava ao redor da Terra, um dia, era um pequeno pedaço dessa volta, um grau. Descobrimos depois que a Terra é que gira ao redor do Sol, e que isso não leva exatamente 360 dias, mas um pouco mais. Até aí o conceito de grau já havia se estabelecido.

Se for o teor de álcool em uma solução aquosa, digamos com 80% de álcool e 20% de água. Teríamos 80 graus GL (Gay Lussac). E claro poderia ser grau de importância de um título acadêmico, o grau de energia de um tremor (terremoto), o grau de um polinômio, etc.

Se for escala termométrica, que é o caso do comentário que disparou esse texto, o chamado grau centígrado foi abolido pela 9ª Conferência Geral de Pesos e Medidas, em 1948. O termo centígrado é ruim pois como existe o prefixo centi, para indicar centésima parte, pode-se ficar com a impressão que é um centésimo de um grado, ou 0,01 grado, quando na verdade deseja-se fazer referência a um grau inteiro.

Em um primeiro momento a expressão grau centígrado pode parecer correta. A escala criada por Anders Celsius (1701 – 1744) estabelece como pontos de referência o congelamento de água destilada, sob pressão do nível do mar, como sendo 0 (zero) e a ebulição de água destilada, também sob pressão do nível do mar, como sendo 100 (cem). Este intervalo é subdividido em cem partes iguais, os graus de Celsius, ou graus centesimais (de onde centígrado). Mas insisto: Desde 1948 usamos graus Celsius, °C. Aproveito para lembrar que os ordinais primeiro, segundo, terceiro entre outros são simbolizados, respectivamente, como 1º, 2º e 3º e não como 1°, 2° e 3°. Grau é uma coisa e ordinal é outra!

A escala de Fahrenheit, adotada em poucos lugares, mas é a escala oficial americana, originalmente é também uma escala centígrada, pois o zero correspondia a mistura de gelo e sal e o cem correspondia a temperatura do corpo humano (ainda que isso tenha sido determinado depois que a escala foi construída).

Sei que dizer 30 graus Celsius não é tão dramático quanto 30 graus centígrados, mas o primeiro é correto e o segundo não mais, já há 68 anos.

Você pode ver mais no vídeo a seguir

Sobre o autor

Sérgio Sato

Sérgio Sato

Professor universitário há 35 anos de Física e Matemática. Avaliador no INEP/MEC. Motociclista. Entusiasta do conhecimento.

Adicione um comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: